Notícias sobre agronegócios, agricultura, pecuária e meio ambiente - 7 de Julho de 2020
Máquinas e Implementos

Drones na lavoura; Uso do equipamento será regulamentado em 2020

A expectativa é de que a norma que regulamenta o uso de drones na lavoura seja publicada em março deste ano.

Com informações Agrolink
Em 07 de Fevereiro de 2020 às 13h37
Uso de drone nas lavouras.

O Sindicato Nacional da Aviação Agrícola (Sindag) divulgou que a utilização de drones de pequeno porte pulverizar lavouras no Brasil deverá ser ainda no início deste ano.

No momento, o departamento jurídico do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) analisa a Instrução Normativa (IN), que deverá incluir os veículos com até 25 quilos – Classe III, na regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

As demais categorias – Classe I, Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAs) com mais de 150 quilos, e Classe II, acima de 25 e até 150 quilos, continuarão seguindo a IN 02, de 2008, que dita as regras para aviões e helicópteros agrícolas. Além disso, todos os operadores de drones de pulverização (pessoas físicas ou jurídicas) deverão ter registro junto ao Mapa.

Segundo o Sindag, a expectativa é de que a norma seja publicada em março deste ano.

Com informações Agrolink

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Máquinas e Implementos
VER TODAS EM MÁQUINAS E IMPLEMENTOS
Notícias em destaque agora
Notícias da Pecuária
Fale conosco
Anuncie
Expediente
Reportar erro
Política de Conteúdo
O objetivo do Notícias da Pecuária é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados relacionados ao agronegócio. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.