Notícias sobre agronegócios, agricultura, pecuária e meio ambiente - 10 de Agosto de 2020
Agricultura

Semagro e Agraer realizam força-tarefa para aplicar R$ 188 milhões na Agricultura Familiar

O montante foi liberado em 1° de julho e a taxa de juros varia entre 2,75% e 4% ao ano.

Com informações de Semagro
Em 20 de Julho de 2020 às 17h23
(Divulgação)

Mato Grosso do Sul tem R$ 188 milhões em crédito do Plano Safra 2020/2021 destinado à Agricultura Familiar. Para garantir que o recurso chegará até aqueles que precisam, Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) estão trabalhando ativamente.

Do total destinado à Agricultura Familiar do Mato Grosso do Sul pelo Mapa (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), R$ 123 milhões poderão ser utilizados para custeio e R$ 65 milhões podem ser contratados para investimentos. O montante foi liberado em 1° de julho e a taxa de juros varia entre 2,75% e 4% ao ano.

O secretário Jaime Verruck, titular da Semagro, afirma que os dados do Plano Safra 2020/2021 mostram que Governo Federal e Estadual estão alinhados em relação a política de incentivo à Agricultura Familiar. “Neste ano o Plano voltado para a Agricultura Familiar está baseado em três pilares, assistência técnica, crédito e comercialização. Não é uma inovação, mas é o que também defendemos na política estadual de desenvolvimento do setor. E faremos um trabalho forte por meio da Agraer para conseguir alocar esses recursos”.

Nos últimos dois meses foi realizada uma força-tarefa entre a equipe técnica que atende aos agricultores familiares para aplicar R$ 30 milhões restantes do Plano Safra 2019/2020, via Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar). O empenho deu resultados positivos e entre maio e junho foram contratados R$ 29 milhões do recurso disponível.

De acordo com o Banco do Brasil no Plano Safra 2019/2020 foram contratados R$ 185 milhões pelos agricultores familiares do Estado, sendo R$ 102 milhões para custeio e R$ 83 milhões para investimentos. “O trabalho da Agraer é fundamental para fazer o meio de campo entre o produtor e o campo. Sem a equipe técnica seria praticamente impossível destinar todo o recurso”, afirma Eduardo Campos, gerente de mercado de agronegócio em Mato Grosso do Sul.

Na força-tarefa realizada entre maio e junho foram aprovados projetos para 60 municípios, com destaque para o município de Naviraí que em dois meses pleiteou cerca de R$ 3,925 milhões em projetos. Coxim, na região norte, teve R$ 1,606 milhões pleiteados entre maio e junho.

Fernando Nascimento, Diretor Executivo da Agraer, conta que em relação a custeio foram elaborados projetos para mandioca, soja, milho, tomate e bovinos. Já para investimento, os projetos contemplaram a aquisição de máquinas agrícolas, estufas e matrizes bovinas.

Diretor- presidente da Agraer, André Borges detalha que com a pandemia os técnicos da Agraer estão trabalhando em regime de plantão, com escalas e agendamento. “Nossa equipe recebe a documentação dos agricultores, digitaliza e envia para as instituições financeiras de cada município por e-mail. A aplicação dos recursos reflete na produtividade e na produção final. Garantimos a assistência técnica da Agraer buscando obter o máximo rendimento para todos”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Últimas notícias em Agricultura
VER TODAS EM AGRICULTURA
Notícias em destaque agora
Notícias da Pecuária
Fale conosco
Anuncie
Expediente
Reportar erro
Política de Conteúdo
O objetivo do Notícias da Pecuária é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados relacionados ao agronegócio. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.