Notícias sobre agronegócios, agricultura, pecuária e meio ambiente - 29 de Maio de 2020
Geral

Prime Cater é a primeira a trazer ao Brasil cortes de Wagyu diretamente do Japão

A Prime Cater, especializada na venda de carnes para restaurantes e para o consumidor final sob a marca 481, é a primeira empresa a trazer ao Brasil a carne de Wagyu diretamente do Japão.

Com informações assessoria de imprensa
Em 19 de Março de 2019 às 11h44
Essa iguaria da gastronomia mundial, que só havia chegado ao país como amostra para eventos consulares, será vendida a mais de R$ 500 o quilo.  A Prime Cater nasceu em 2012 para atender o mercado de food service, que hoje representa 90% do seu negócio. A empresa atualmente atende cerca de 550 restaurantes e 50 casas de carne especializadas no Brasil e seu faturamento saltou de R$ 9,6 milhões no primeiro ano de operação (2013) para R$ 60 milhões no ano passado. A expectativa para 2019 é chegar a R$ 84 milhões. Para seu fundador, Marcelo Shimbo, esse crescimento exponencial se deve ao modelo de negócio inovador e pioneiro. Shimbo, que atua na cadeia da carne bovina há mais de 18 anos, foi o responsável pela criação da primeira marca premium da JBS no Brasil, a Swift Black, além de gerenciar outros projetos de carnes, como carne orgânica, carne kosher e carne light. A Prime Cater oferece a melhor solução em carnes de alta qualidade, de forma personalizada e planejada, conforme as necessidades de cada restaurante. No modelo tradicional, os restaurantes compram peças grandes e precisam manipular a carne para obter os steaks no padrão a ser vendido. Isso gera perdas, risco de contaminação, necessidade de manter um “açougue” interno, mão de obra específica, além da falta de padrão, principalmente no caso de redes.  Atuando como uma consultoria, a Prime Cater elabora um modelo de negócio que garante a segurança no abastecimento, padrão de qualidade e preço. Os cortes de carne são fornecidos em porções individuais, no padrão estabelecido pelo restaurante, que só tem o trabalho de abrir a embalagem e preparar o corte, sem necessidade de manipulação e consequente perdas. Com esse modelo, o cliente Prime Cater consegue gerenciar o custo do prato vendido, assim como seu inventário. Entre os clientes da Prime Cater estão restaurantes de qualidade, desde os renomados, como Fasano e Barbacoa, aqueles de chefs famosos, como Oro (Felipe Bronze), Olympe (Claude Troigros) e Balaio (Rodrigo Oliveira), até hamburguerias premium, como o ZDeli, que recebe um blend de carnes exclusivo que compõem a receita de sucesso da marca. Toda a trajetória sólida e consistente da Prime Cater foi decisiva para a escolha da marca pelo fornecedor japonês. Desde 2017, o Brasil assinou um acordo bilateral com o Japão para a importação de carnes. Mas somente agora, com a iniciativa da Prime Cater, é que acontece a primeira importação. Shimbo selecionou criteriosamente cortes Wagyu da classificação A5, considerada o maior grau de marmoreio (pontos de gordura entre as fibras) possível na carne bovina e que propicia uma experiência única em termos de maciez, sabor e suculência. Somente o Japão, que seleciona os animais puros da raça Wagyu há centenas de anos e possui um sistema de criação próprio do gado, é quem consegue produzir essa iguaria. Além dos melhores restaurantes do Brasil, a carne será comercializada para o consumidor final através do e-commerce da empresa (emporio481.com.br), que terá disponível uma série limitada do Wagyu 481 com 200 steaks numerados, acompanhados do pedigree do animal para comprovar sua origem.
Últimas notícias em Geral
Em 27 de Maio de às 11h46
O empreendimento iniciará com o abate de 200 aves/dia podendo chegar a sua capacidade máxima que é de 500 aves diariamente.
VER TODAS EM GERAL
Notícias em destaque agora
Em 28 de Maio de 20 às 08h00
Em 27 de Maio de 2020 às 11h46
O empreendimento iniciará com o abate de 200 aves/dia podendo chegar a sua capacidade máxima que é de 500 aves diariamente.
Notícias da Pecuária
Fale conosco
Anuncie
Expediente
Reportar erro
Política de Conteúdo
O objetivo do Notícias da Pecuária é divulgar notícias, reportagens, entrevistas, eventos e outros conteúdos variados relacionados ao agronegócio. Para a construção dos textos usamos informações próprias, releases de assessorias de imprensa, internet, revistas, artigos e contribuições do público, imagens próprias e imagens de divulgação. Todas as fontes, créditos, e marcas d'água tanto de textos ou fotos são devidamente creditados. Caso você seja autor e se sinta prejudicado por qualquer foto/imagem ou texto publicado, entre em contato por e-mail e prontamente faremos a remoção.